Paixão pela leitura na primeira infância

05/11/2019
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Quando a coordenadora de franquias Joice Silva da Cruz viu os novos materiais didáticos do Kumon de Português, ficou apaixonada na hora! Como colaboradora da empresa, ela já presenciou inúmeros casos de alunos se desenvolvendo, lendo e interpretando textos, e não via a hora de poder oferecer tudo isso à sua filha. Foi assim que, um mês após completar 3 anos, Millena se tornou uma aluna do Kumon.

 

“O objetivo não era somente a alfabetização, mas todo o desenvolvimento que o método proporciona em relação à independência, concentração e hábito de estudos. Nosso objetivo sempre foi prepará-la para a vida.” Joice

 

Millena tem 5 anos, e foi alfabetizada pelo método aos 4 anos de idade. Os pais contam que desde cedo ela foi estimulada com livros, canções e quebra-cabeças. E o principal: Millena nunca deixou de ser criança durante o processo de aprendizagem. Ela faz balé, jiu-jitsu, brinca de boneca e com os amigos, como qualquer criança, porém já conta com algo muito importante para seu desenvolvimento educacional: um grande senso de responsabilidade. Joice, que já atuou em sala de aula e como coordenadora pedagógica por muito tempo em escolas, acredita que a rotina e o hábito de estudos ajudarão Millena em sua escolha profissional no futuro. Segundo ela, se a filha conseguir entender que precisa ter tempo para tudo ela não terá dificuldades e aprender se tornará algo natural e gostoso.


Os pais sempre incentivaram a leitura, e Millena adora!

Todos os dias, antes de dormir, Millena e seus pais leem um livrinho. É um ritual que ela ama e que já soma mais de 50 títulos. Sozinha, ela leu mais de 30! Tudo isso, claro, acabou tornando a menina super conhecida  na escola, já que poucos coleguinhas sabem ler, principalmente com o nível de interpretação que ela possui. Em diversos momentos, Millena ajuda a professora em sala, fazendo a leitura das atividades para toda a turma. Joice conta que a filha sempre foi falante e curiosa, e que optou pelo Kumon porque queria proporcionar a ela materiais que aguçassem ainda mais esta característica.

 

  “No início do estudo com os livrinhos, passamos por todas as fases: a da alegria, descobertas e encantamento por estar lendo; por momentos complexos em que ela não queria fazer os materiais devido ao aumento no nível de dificuldade; e, finalmente, pela fase de tranquilidade e superação, quando ela ultrapassou os conteúdos da série escolar e passou a fazer os materiais com disciplina e seriedade.” Joice

 

Estudando há mais de 2 anos pelo método, Millena faz questão de terminar suas tarefas rapidamente para poder curtir os brinquedos e os amigos. Joice diz que isso é possível porque a filha já tem uma rotina de estudos bem estabelecida em relação aos deveres do Kumon e às tarefas da escola, que ela inicia sozinha assim que chega em casa. A mãe tem certeza que esta disciplina e organização foram desenvolvidas com o método.

 

Preparando as crianças para o futuro


O conhecimento tem o poder de proporcionar momentos mágicos e emocionantes. Joice lembra como toda a família ficou encantada quando Millena começou a ler, e como foi gratificante ver a filha ganhando a primeira medalha de aluna adiantada. A mãe, que acredita muito no método, costuma comentar com amigos e parentes que quem faz Kumon desde cedo vai poder escolher ser o que quiser na vida, em vez de ser escolhida.

 

“A forma como a aprendizagem acontece é tão natural e individualizada que me encanta! Poder entender que todo ser humano tem potencial e que esse potencial pode ser desenvolvido é extremamente gratificante. Isso não tem preço!” Joice

 

Para os pais que estão na dúvida sobre matricular os filhos em uma unidade, Joice finaliza com uma pergunta: como desejam ver seus filhos no futuro? E ela mesma responde: se a resposta for felizes, independentes e bem-sucedidos, então o Kumon certamente irá ser um grande aliado neste processo.



Tags: kumon, pré-escolar, crianças, pais, experiência, matrícula, método, aprendizado, dicas, português, alfabetização

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade