Vai prestar vestibular? Conte com o Kumon!

05/08/2019
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Bruna Kaori Takahashi de Freitas, de 20 anos, é um exemplo de como o Kumon pode ser um grande aliado dos alunos que vão prestar vestibular. Quando tinha cerca de 8 anos, sua mãe lhe perguntou se ela gostaria de fazer Kumon. A menina aceitou e, desde então, não parou mais. Adquirindo confiança e conhecimento, o aprendizado tornou-se natural e continuou oferecendo benefícios durante a faculdade. Concluinte das disciplinas de Matemática, Português, Inglês e Japonês, Bruna atualmente estuda o Kokugo – japonês da forma como é ensinado no Japão – e cursa Engenharia de Produção na Unicamp. Ela conta que o Kumon foi decisivo nessa escolha, já que o método a fez se apaixonar por Exatas.


“O Kumon sempre foi essencial para mim. Eu ia mal em Matemática até entrar no Kumon. À medida que eu avançava nos estágios, percebi que tinha mais facilidade que meus amigos, e isso me motivava muito.” Bruna  


Uma grande mudança nos estudos


Quando iniciou os estudos no Kumon, Bruna era a típica aluna com dificuldade em Matemática. Porém, esse quadro mudou drasticamente. No 5º ano, ela foi escolhida entre todos os alunos para representar a escola nas Olimpíadas de Matemática. Ao longo dos anos, passou por vários estágios mais avançados que a ajudaram a ter facilidade na matéria. Por isso, segundo ela, na época do vestibular ela não teve dificuldade com a disciplina.


Bruna diz que também não tinha facilidade em Português. Quando começou a ir mal nas provas, pediu à mãe que a matriculasse no Kumon. A melhora foi gigantesca! Segundo Bruna, sua interpretação de textos melhorou 100% e, claro, o estudo foi uma grande ajuda no vestibular. Da mesma forma, o inglês foi essencial no que se refere à gramática, e a ajudou a conquistar a vaga na universidade. Para Bruna, essa meta só foi atingida por causa da facilidade que ela adquiriu cursando essas matérias no Kumon.    

O Kumon foi essencial para que Bruna conquistasse a sonhada vaga na Unicamp.
O Kumon foi essencial para que Bruna conquistasse a sonhada vaga na Unicamp.

Um desempenho incrível


Bruna começou a cursar Japonês no Kumon por ter interesse pela cultura do país, além de querer entender a língua para poder conversar com os avós. Seu conhecimento foi colocado à prova em 2015, quando ela foi para o Japão participar do Jamboree, um acampamento mundial de escoteiros. Lá ela conseguiu se comunicar muito bem.


Ainda há mais benefícios em estudar no Kumon. Para Bruna, um dos principais foi a disciplina adquirida ao longo dos 13 anos em que o método a tem acompanhado. A aluna aprendeu a criar uma rotina de estudos que a ajuda em diversos momentos de sua vida, melhorou o raciocínio e diz que consegue se concentrar rapidamente com facilidade. 


Tudo o que aprendi com o método Kumon me ajuda muito, principalmente na faculdade. Ter uma rotina de estudos, estudar um pouco a cada dia, ser focada e organizada – tudo isso melhora muito o meu desempenho.” Bruna 


Por estudar há tanto tempo no Kumon, Bruna passou por momentos em que quis desistir, principalmente por ainda ser uma criança e não entender os benefícios que teria no futuro. Com o tempo e o incentivo da mãe da orientadora, ela compreendeu que valia a pena ir até o final e concluir as matérias. Mais uma lição aprendida com o Kumon!


Tags: kumon, matemática, inglês, japonês, português

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade