Por que é importante respeitar o ritmo de estudo de cada criança?

20/06/2019
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Cada criança é singular, com experiências, gostos, habilidades e ritmos diferentes. Portanto, assimila os conteúdos de modo único. Respeitar essas particularidades é essencial para que os pequenos possam evoluir.

Não considerar o tempo da criança e forçá-la a ter contato com temas que não correspondem ao estágio de aprendizagem, no qual se encontra, pode prejudicar seu crescimento, desmotivando-a em relação aos estudos.

Como explica Bruna Vitorino, Coordenadora Pedagógica do Kumon, “quando um aluno se sente frustrado e diz que não gosta de estudar, normalmente, é porque ele não conhece o próprio potencial nem tem uma metodologia de aprendizado adequada para seu desenvolvimento”.

Como o Kumon pode ajudar?

O método Kumon, criado há mais de 60 anos no Japão, oferece aos alunos o estudo no ponto ideal, ou seja, coerente com sua capacidade cognitiva no momento. Com uma orientação individualizada e um plano de aprendizagem personalizado, eles podem atingir seu potencial máximo.

Ao ingressar no Kumon, o estudante começa por assuntos com os quais tem facilidade e que não necessariamente correspondem à sua idade ou série escolar. Assim, ele evolui por conta própria, adquire autoconfiança e sente vontade de aprender cada vez mais.

Iniciar dessa forma possibilita que a criança descubra, por si mesma, a melhor maneira de assimilar os conteúdos e facilita a aquisição do hábito de estudar, da habilidade de execução de tarefas, do raciocínio e da concentração”, comenta Bruna Vitorino.

Essa abordagem costuma auxiliar alunos que não estão acompanhando os assuntos ensinados no seu ano escolar. No Kumon, eles se desenvolvem tranquilamente, sem pressões nem sobrecargas, e alcançam o nível do colégio sem defasagem. 

Nesse caso, a criança recebe um plano de estudos que irá ajudá-la a acompanhar a série escolar o mais rápido possível, mas sem comprometer as etapas do aprendizado. No percurso, ela também desenvolverá disciplina, concentração e autonomia, aptidões que contribuirão para seu desempenho no colégio.

Além disso, o método possibilita que alunos com mais facilidade possam estudar conteúdos acima de seu ano escolar. Para Bruna Vitorino, “ao ter contato com esse tipo de material, eles aprimoram o aprendizado, a autoestima e podem até ajudar a elevar o nível de seus colegas de turma”.

Como os pais devem lidar com o tempo de cada criança?

O apoio dos pais é fundamental, tanto para alunos adiantados quanto para aqueles que apresentam um ritmo de aprendizagem diferente, pois estimula os pequenos à evolução constante.

Crianças que contam com o suporte dos pais desenvolvem responsabilidade e perseverança. Já aquelas que sofrem pressão, por parte da família, passam a não gostar de aprender e nutrem um sentimento de inferioridade”, explica Bruna.

 

No Kumon, os orientadores mantêm constante contato com os pais, auxiliando-os a lidarem com o aprendizado dos filhos. É essencial que os familiares observem as crianças, sejam pacientes e elogiem cada progresso. Assim, os alunos se sentirão motivados a continuarem estudando.

Há mais de 40 anos no Brasil, o Kumon, com o suporte das famílias e escolas, forma cidadãos capazes de enfrentar os desafios da vida. Clique aqui e conheça nosso método.



Tags: kumon, crianças, aprendizado

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade