O que podemos aprender com a educação japonesa?

19/11/2018
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

O Japão é referência no mundo quando falamos em educação. Dentre as principais qualidades da educação no Japão estão a disciplina e o respeito à tradição. Considerado um sistema educacional de qualidade, garante sucesso profissional e desenvolvimento pessoal aos alunos. Também por meio da educação, o Japão conseguiu alcançar patamares de excelência em diversas áreas científicas.

5 fatos interessantes sobre a educação no Japão

1 – Disciplina                                         

A disciplina é uma das primeiras habilidades aprendidas nas escolas do Japão. Lá os alunos são ensinados a respeitar o professor, a chegar no horário, não faltar às aulas, concluir as lições do dia e até mesmo fazer a limpeza da mesma.

No Japão, acredita-se no desenvolvimento de boas maneiras antes de apresentar a criança ao conhecimento. Quando um aluno desenvolve a habilidade de responsabilidade, disciplina, autoconfiança e empatia, ele está preparado para reter conteúdos acadêmicos.

2 – Qualidade ao invés de quantidade

Em vez de focar na memorização de muitas fórmulas matemáticas, por exemplo, a escola ensina o aluno a compreender e raciocinar sobre os problemas para encontrar uma solução lógica. Dessa forma, os japoneses aprendem primeiramente sobre o problema para depois aplicar a prática.

No Japão, a qualidade do aprendizado vale muito mais do que a quantidade de questões ou conteúdos que o aluno solucionou. Portanto, a aprendizagem é deixada à sua própria curiosidade e não como algo imposto a eles.

3 – O valor dos costumes e tradições

Nas escolas do Japão, a cultura, os costumes e tradições são um dos primeiros ensinamentos, que são praticados durante toda a vida acadêmica do aluno. As crianças são ensinadas desde pequenas sobre caligrafia e poesia japonesa, que é considerada uma arte similar à pintura.

Graças a essas aulas, os alunos aprendem sobre suas origens, tradições e história da nação. Valorizar e respeitar sua cultura é fundamental para o desenvolvimento dos japoneses na sua vida adulta.

4 – Os japoneses gostam de aprender

O gosto por aprender uma coisa nova a cada dia é uma característica marcante nos alunos do Japão. Segundo as estatísticas, 85% dos estudantes japoneses sentem-se felizes na escola e pelo menos 91% estão sempre atentos às explicações nas aulas.

Além disso, a taxa de frequência escolar no Japão é de 99%. Graças à acessibilidade, há uma escola em cada bairro para que todos os alunos tenham fácil acesso à escola e para que nunca se atrasem para as aulas.

5 – Os pais por dentro da educação dos filhos

No Japão, existe um dia específico para os pais visitarem os filhos na escola. Neste dia, os pais podem participar das atividades, assistir às aulas e conversar com os professores. Assim, conseguem acompanhar de perto a evolução e desenvolvimento dos alunos, além de conhecer o comportamento do filho na escola.

Da mesma forma, no início do ano letivo, os professores costumam visitar as casas dos alunos, a fim de conhecer a família e o ambiente familiar. Por isso a parceria da escola e família é muito importante.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a educação japonesa? Aproveite e conheça o método Kumon e visite uma unidade mais próxima!

 

 



Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade
Para garantir ainda mais transparência em como usamos seus dados pessoais aqui no Kumon, nós atualizamos nossa Política de Privacidade. Caso queira consultá-la, clique aqui. Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência no nosso site. Ao continuar a navegar neste site, você concorda como o seu uso. Para saber mais sobre o uso de cookies, clique aqui.