Facebook Kumon
Blog Kumon

Férias tranquilas para pais e filhos!

especial férias-01

“Não vou brigar com meu filho durante as férias!” “Não quero ficar cobrando as tarefas todos os dias!” Ser pai e mãe nas férias às vezes não é tarefa fácil. Quando acaba o ano letivo, as crianças estão mais interessadas em brincar e passar os dias sem pensar em responsabilidades. Mas as férias também podem ser um momento para o aprendizado e lições também podem ser divertidas. Convidamos as autoras do livro Socorro! Meu filho não estuda, Roberta Bento e Taís Bento, para conversar com a gente sobre como os pais podem ajudar os filhos a se desenvolverem ainda mais durante as férias. Confira a entrevista.

6

Por que é importante que as crianças continuem o trabalho de desenvolvimento durante as férias?
Roberta e Taís – Pensamos nas férias como uma excelente oportunidade para enriquecer a memória de longo prazo. É nelas que ficam armazenados os conhecimentos que serão utilizados no momento da aprendizagem de novos conteúdos. Passeios, brincadeiras, leitura, filmes, jogos são alguns exemplos de atividades que ajudam a enriquecer nossa memória.
Além dessas atividades, auxiliar em afazeres da casa e participar da rotina de compras no supermercado, na organização das despesas e ter alguma responsabilidade com os pertences também devem fazer parte das férias escolares. Tudo isso ajuda na aprendizagem e no retorno às aulas.

Durante as férias, quanto tempo é importante as crianças se dedicarem aos estudos?
Roberta e Taís – É fundamental que as atividades diárias envolvam leitura, escrita ou cálculos, ainda que simples. Para ajudar nossos filhos, precisamos quebrar a relação entre leitura, escrita e cálculos somente com a escola. Temos que ajudar para que eles vejam essas atividades como parte da rotina, e assim ficará mais fácil despertar o gosto e o interesse por elas. A dica é pedir ajuda para fazer a lista do supermercado, o cálculo das despesas na padaria ou das contas de luz e água. Para crianças menores, o simples contar e registrar a quantidade de mantimentos do armário pode se tornar divertido e uma riquíssima forma de perceber a importância da matemática em nosso dia a dia.
Jogos como dominó, cartas, Banco Imobiliário são fontes de diversão, prazer e aprendizado amplo, não só de conteúdos como também de habilidades como paciência, concentração e trabalho em equipe. Tudo isso pode transformar as férias em um período de diversão e aprendizagem.

Por que é importante a participação dos pais no desenvolvimento dos filhos durante o período de férias?
Roberta e Taís – São diversos os motivos, mas gostaríamos de salientar a oportunidade de interagir com os filhos sem o estresse e a correria de cumprimento de horários e deveres que a rotina escolar impõe. As férias podem representar a chance de os filhos descobrirem o prazer por aprender, ainda que não estejam estudando. Elas são, sem dúvida, a época do ano em que os pais precisam se preocupar ainda mais em oferecer oportunidades de diversão e descobertas além do mundo digital. Dificilmente os filhos farão sozinhos as descobertas de brincadeiras que não envolvem videogame, TV ou computador. Cabe aos pais abrir aos filhos essa porta para o novo, que, de fato, é somente um resgate do antigo aplicado em um mundo mais moderno.

Como os pais podem ajudar os filhos a continuar se desenvolvendo nas férias?
Roberta e Taís – Oferecendo oportunidades de fazer atividades diferentes da rotina dos dias letivos. Brincar com os amigos em lugares diferentes dos habituais, descobrir brincadeiras que já não fazem parte da rotina e que requerem pouco material e muita disposição e imaginação. Quem melhor que os pais para despertar o interesse, ensinar as brincadeiras e depois deixar que os filhos se divirtam? E, além disso, abrir-se para que o filho o ensine a jogar seus games favoritos também faz parte de aproveitar bem as férias. Sem dúvida, os pais terão noites mais agitadas e cansativas, mas as memórias desse período farão toda a diferença para o aluno que volta para a escola no reinício das aulas.

Vocês têm alguma sugestão de atividades lúdicas que os pais podem fazer com os filhos durante o período?
Roberta e Taís – Sim: jogos de tabuleiro, dominó, brincadeiras sem final, como montar uma barraca no quintal ou simular um escritório ou até mesmo brincar de escolinha, com os pais no papel de alunos.
Diversão garantida também é resgatar brincadeiras do passado e experimentar a reação dos filhos diante de uma realidade mais concreta do que aquela a que estão acostumados. E uma última dica: preparem com eles o lanche, um piquenique, um jantar, começando pela lista de compra dos ingredientes.

5

Tags: , , ,

Ontem, hoje e amanhã
Para nós, do Kumon o aprendizado
contínuo é algo que sempre foi
e que sempre será extremamente

Presidente do
Kumon Institute of
Education Co, Ltd

Orientadores e
colaboradores
aprendem
continuamente
com os alunos.

As palavras do fundador
que nós prezamos

O método Kumon e seus pontos fortes

Por meio do método Kumon
buscamos formar pessoas
mentalmente sãs capazes
que possam alcançar seus
objetivos na vida.

O método Kumon surgiu
a partir do amor de um
pai pelo filho.

O Kumon tem um
sonho, o sonho pela paz
mundial realizada por
meio da educação.

Cinco características do material didático

Clique aqui para
descobrir o segredo
por trás do método Kumon.

O papel dos orientadores do Kumon

Clique aqui para
conhecer o trabalho
do orientador do
método Kumon.

O Kumon busca o melhor para
cada criança individualmente,
independente de
tempo e local.

Inicialmente oferecido para crianças
no Japão, está disponível
atualmente para crianças ao redor
de todo o mundo.

O que representa o logotipo do Kumon

Cada aspecto do nosso logotipo expressa
os valores do Kumon

Mais informações e sugestões:

Fale Conosco