Especialista indica 5 maneiras para incentivar o hábito de fazer a lição de casa

06/08/2019
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

O método Kumon desenvolve a autonomia, o senso de responsabilidade e o gosto pelos estudos. Os alunos contam com um material didático autoinstrutivo e frequentam a unidade duas vezes por semana. Entretanto, o aprendizado não para por aí, visto que também há tarefas a serem feitas em casa.

Ao resolverem esses exercícios, eles revisam temas que já dominam e percebem quais pontos precisam melhorar. De acordo com Natália Germano, gerente do Setor de Qualidade do Kumon, o acompanhamento dos familiares é essencial para tornar a atividade um momento proveitoso ao pequeno. “É fundamental que os pais entendam a importância da lição, isso ajuda a prosseguir nos estudos por conta própria”, explica.

Ainda, para Germano, as tarefas necessitam ser realizadas em um horário definido, no qual o pequeno esteja tranquilo e descansado, e em um cômodo iluminado, organizado e livre de distrações. Durante esse período, os pais devem permanecer no mesmo ambiente que os filhos, lendo ou trabalhando. Isso cria uma atmosfera de dedicação e concentração.

A seguir, Natália traz mais algumas dicas para auxiliar as crianças com as lições. Acompanhe!


5 dicas para incentivar o hábito de fazer a lição de casa


1. Ajude, mas não faça por ele

Se o pequeno apresentar dificuldades para realizar as tarefas, não faça os exercícios por ele. Pelo contrário, tente entender o motivo da dúvida. Com a criança, procure as informações nos livros e apostilas, analise atividades anteriores e leia novamente o enunciado. Contudo, deixe que ela perceba o erro e descubra a melhor forma de resolvê-lo.

Também esteja atento aos sentimentos que seu filho experimenta enquanto realiza as tarefas. Se as dificuldades persistirem ou se ele demonstrar ansiedade, frustração ou medo, converse com professores e orientadores sobre a situação.


2. Ajude a pensar e estimule a autonomia

Com o método Kumon, o estudante adquire autonomia e aprende a solucionar desafios por conta própria. Para tanto, auxilie o pequeno a sanar as dúvidas sobre os exercícios, mas não dê a resposta, trabalhe com ele para encontrar o melhor caminho. Assim, seu filho desenvolverá segurança e autoconfiança.


3. Crie hábitos para que a criança entenda a importância das tarefas

Ter uma relação saudável com o aprendizado é fundamental para não o ver como uma obrigação, mas sim como uma atividade prazerosa. Natália Germano comenta que, no Kumon, os alunos são orientados a estudar em casa diariamente, por pelo menos 30 minutos. Com esse hábito, eles mantêm o ritmo de aprendizagem, trabalham a responsabilidade, a concentração e a persistência.

No começo, pode ser difícil convencer o pequeno da importância de estudar todos os dias, no entanto, segundo a gerente, “é um investimento que ele só compreenderá no futuro.”


4. Elogie e ressalte os pontos fortes ao final de cada tarefa

Na unidade, os alunos recebem o apoio dos orientadores, que observam como eles resolvem o material didático e elogiam cada avanço. É essencial que essa postura continue em casa. Por isso, ao final das lições, os pais devem perceber e ressaltar os pontos nos quais houve evolução. Dessa forma, a criança se sentirá motivada a continuar aprendendo.


5. Respeite o ritmo do pequeno

As pessoas têm hábitos, experiências e habilidades diferentes. Logo, cada uma assimila os conteúdos de modo muito particular. Assim, nunca culpe seu filho pelas dificuldades que ele demonstrar nem compare o desempenho dele com o dos colegas.

Também não o faça estudar além do limite adequado à sua capacidade atual, tampouco o proíba de brincar. Essas atitudes geram estresses desnecessários, fazendo-o se sentir pressionado. Caso a criança apresente baixo desempenho, converse, mostre que ela pode contar com você e procure ajuda dos orientadores e professores.

Há mais de 40 anos no Brasil, o Kumon recebe o apoio das famílias para formar cidadãos prontos para enfrentar os desafios. Acesse o site e encontre a unidade mais próxima. 



Tags: aprendizado, dicas, alfabetização

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade