Do gosto pela escrita ao lançamento do próprio livro

16/03/2020
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Dinossauros são uma verdadeira febre entre as crianças. Estegossauros, brontossauros, tiranossauros…Não importa a espécie, as crianças sabem categorizá-los como verdadeiros paleontólogos mirins. Victor Kenzo, de 6 anos, não é diferente. Desde bebê, ele é apaixonado por dinossauros.


O jovem autor Victor Kenzo e sua obra sobre dinossauros.


Mas não são só os antigos habitantes da Terra que despertam a curiosidade do menino. Ele também gosta muito de livros. Seu pai, Marcelo Nakasone, conta que com apenas 2 anos o filho já sabia ler e falar o alfabeto completo. Para estimular ainda mais o conhecimento e desenvolver o máximo potencial de Victor, os pais decidiram matriculá-lo no Kumon quando ele tinha 3 anos de idade.

A orientadora Márcia Yano contou que o aluno Victor foi matriculado na unidade Atlântica São José do Rio Preto, no Kumon de Português, e explicou que o processo de aprendizagem promoveu a expansão do vocabulário e a criatividade do aluno por meio da leitura diária e do estudo no lar, estimulando a confiança e o gosto pela escrita.  

Assim, mais que gostar de ler, Victor passou também a gostar de escrever. A surpresa veio em seguida: o menino perguntou aos pais como poderia fazer para publicar um livro. Foi o início de um projeto unindo a família, a escola e o Kumon, que resultou no lançamento do livro “O dinossauro e seu amigo”, do jovem autor Victor Kenzo.


Fortalecendo o gosto pela leitura e pelo conhecimento


Bastou que Victor manifestasse seu desejo de publicar o próprio livro para que eles abraçassem a ideia. Foram vários encontros que tornaram o processo ainda mais legal, segundo o aluno.

Finalmente, a materialização de todo o aprendizado de Victor ganhou vida com o livro “O dinossauro e seu amigo”. Márcia diz que a história fala sobre o encanto que o aluno tem por dinossauros e como ele os conhece, chamando cada um por seu verdadeiro nome.  

O pai ressalta a importância do Kumon nesta aventura literária. Para ele, o método foi responsável por fortalecer o desenvolvimento da língua portuguesa e alimentar o gosto do filho pelo conhecimento. Hoje, Victor faz Português, Inglês e Matemática. É aluno adiantado em Português e estuda assuntos acima de sua série escolar. Apesar de ter começado cedo, Márcia explica que esta não é uma condição essencial para o pleno desenvolvimento do aluno. Segundo ela, não existe cedo ou tarde para expandir o potencial de alguém. 

“Os resultados costumam aparecer mais rápido em crianças que iniciam cedo. Mas as premissas do método funcionam igualmente em todas as idades, inclusive em adultos.” Márcia Yano

O Kumon de Português utiliza a leitura como ferramenta para a autoinstrução e o desenvolvimento da compreensão e interpretação dos alunos. Para saber  mais acesse o nosso site. 

Tags: pré-escolar

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade