De auxiliar a dona de unidade: como Deisi cresceu com o Kumon?

15/02/2019
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Quem conhece o Kumon sabe: é difícil não criar um sentimento de admiração pelo método. Ele pode ir do breve reconhecimento de sua eficácia até a vontade de levar o Kumon para o máximo de pessoas. Para quem chega nesse patamar, ter a própria unidade deixa de ser apenas um negócio para se tornar um instrumento de realização pessoal e profissional.

 

Foi o que aconteceu com Deisi Braga, de 31 anos, que já foi aluna e auxiliar em uma unidade antes de conquistar a própria franquia. Vamos conhecer a história dela?

 

Paixão à primeira vista

 

Em 2006, quando cursava o primeiro ano da faculdade de Matemática, Deisi foi convidada por uma orientadora do Kumon para trabalhar em uma unidade. Ela conta que, logo de cara, ficou encantada com o método. Abrir a própria unidade, no futuro, imediatamente entrou para a lista de suas possibilidades profissionais. Mas ainda não era a hora certa, e Deisi optou por outros caminhos em sua carreira.

 

Mesmo assim, os anos no Kumon deixaram uma bela marca em Deisi. Seis anos após se formar ela voltou, mas dessa vez como aluna de Inglês e Português. Era o que faltava para reacender nela o desejo de ter uma unidade para chamar de sua. Não deu outra: oito meses depois, a franquia de Deisi estava de portas abertas!

 

"Minha motivação para abrir uma unidade do Kumon foi a possibilidade de formar alunos realmente capazes de fazer a diferença na sociedade; alunos que aprendam de verdade Matemática e Português, além de desenvolver uma postura de disciplina e foco raramente encontrada em nosso país."

- Deisi

Foto de uma jovem mulher, da cintura para cima. Ela tem cabelos pretos curtos, usa óculos e sorri. Veste blusa branca com detalhes azuis. Ela está sentada diante de uma mesa clara, e no fundo há uma grande parede azul com o logo do Kumon.
A vontade de ter a própria unidade começou quando Deisi ainda era auxiliar no Kumon.

Lições para a vida toda

 

Desde o primeiro contato com o Kumon, os aprendizados não param! Deisi considera que o maior deles foi compreender cada aluno em sua individualidade, respeitando o tempo e o nível de desenvolvimento de cada um. Isso sem falar na disciplina, organização, habilidade para elaborar metas, consciência da importância de gerenciar o tempo corretamente, entre tantos outros benefícios que ela obteve em sua história com o Kumon.

 

E, claro, há os benefícios acadêmicos. Com o apoio de um material didático sensacional, Deisi conta que o método a ajudou até mesmo com os conteúdos da faculdade, e que o Kumon de Inglês foi responsável por abrir as portas do mundo para ela.

 

"Ter a possibilidade de buscar o conhecimento direto na fonte, fazer a leitura diretamente do livro escrito em inglês, tudo isso é maravilhoso! E o material de Português me inspirou a cursar uma segunda faculdade, o curso de Letras Português/Inglês."

- Deisi

 

Compartilhando o conhecimento

 

Mas aprimorar o próprio desenvolvimento não é suficiente para Deisi. Ela quer ir além, e deseja levar o Kumon para o maior número de pessoas. Para isso, ela sabe que precisa ampliar a própria capacidade de orientação, ajudando os alunos a alcançar seu melhor. E também sabe que, como aprendeu no Kumon, estudo e aprendizagem constantes são os maiores aliados nessa missão.

 

"Para mim o Kumon representa uma ferramenta para construir um mundo melhor, a partir do melhoramento individual de seus habitantes."

- Deisi

 

Um dos passos importantes dados por Deisi recentemente para alcançar seus objetivos foi colocar como um plano para o futuro a abertura da disciplina de Japonês em sua unidade. Será uma longa jornada, já que ela não conhece o idioma. Entretanto, ela aprendeu algo bem mais importante com o Kumon: que o potencial do ser humano é infinito. Com organização, disciplina e dando um passo de cada vez, podemos chegar em qualquer lugar. Sabendo disso, Deisi certamente conseguirá conquistar o que deseja!


Tags: kumon, método, franquia

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade