A caminho do Japão com o Kumon de Japonês

25/09/2018
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Ícaro, de 19 anos, sempre gostou da cultura japonesa. Há muito tempo, animes e mangás fazem parte de seus hobbies. Não demorou muito até que ele tivesse vontade de aprender o idioma. Mas os planos de Ícaro eram bem mais ousados do que simplesmente entender o conteúdo original dos quadrinhos que lia: o estudante enxerga o Japão como uma potência que investe em educação, e logo percebeu que o país poderia ser o destino ideal para lhe oferecer tudo o que ele imagina para o futuro.


Cursar uma universidade japonesa: o que para muitos poderia ser apenas um sonho distante, para Ícaro é uma meta a ser alcançada. E ele está fazendo o máximo para chegar lá. Concluinte do Kumon de Matemática, Português e Inglês, atualmente Ícaro estuda o Kumon de Japonês. Tanto esforço não é à toa: a prova para ele ingressar na universidade exige conhecimentos de matemática, inglês e japonês. Ou seja, o método Kumon é, com toda a certeza, um grande aliado nessa jornada.



Aprendendo a gostar de estudar

Tudo começou quando a mãe de Ícaro ouviu falar sobre o Kumon. Como acontece com grande parte dos pais que visitam uma unidade, ela ficou impressionada com os benefícios que o Método poderia trazer aos estudos do filho. Ícaro passou pela entrevista inicial, fez o teste e iniciou o Kumon de Matemática.

O curso foi escolhido principalmente por causa das dificuldades que o aluno enfrentava na matéria. Ele conta que se sentia deslocado na escola e não conseguia entender o que era ensinado. Por estudar em colégio público, Ícaro tinha uma base precária, que precisava ser corrigida.

Com o Kumon, ele teve a chance de reestruturar a base e preencher lacunas. Assim, o avanço nos estudos aconteceu de maneira natural e gradativa. Além disso, Ícaro criou habilidades que usará a vida toda, trabalhando também a disciplina e a responsabilidade.

"Antes de fazer o Kumon, matemática era a matéria que eu mais detestava, porque eu não entendia. Isso fazia com que eu não tivesse gosto pelos estudos. Mas, depois de um tempo, a cada estágio conquistado, comecei a amar matemática. Como o Kumon trabalha desde o ponto fácil, o que antes era difícil na escola se tornou muito simples depois."

Ícaro

 

Uma grande história de superação

Após um ano estudando Matemática, o aluno foi convidado para ser estagiário em uma unidade do Kumon. Ao mesmo tempo, ele iniciou os estudos no Kumon de Inglês. Hoje, Ícaro trabalha como auxiliar em uma unidade de Campinas, corrigindo o material didático. Ele é o braço direito do orientador.

Mas, como se pode imaginar, a rotina de estudo na escola e no Kumon, somada ao trabalho, exige bastante persistência e força de vontade. Aí entra, mais uma vez, a colaboração infindável do Kumon na vida dos estudantes. Com foco e concentração, Ícaro conseguiu organizar o tempo e suas prioridades, dando mais um passo importante em direção à sua meta.


"Minha mensagem para todos os alunos do Kumon é que não desistam, mesmo que pareça impossível de vez em quando. Não desistam, pois, o Kumon é um curso com resultados garantidos, que serão para a vida toda."

Ícaro

Tags: alunos, japonês

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade