Por que os materiais do Kumon ajudam no desempenho escolar?

07/06/2019
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Kumon é um método de aprendizagem criado no Japão, há mais de 60 anos. Em 1954, o professor Toru Kumon preparou exercícios para ajudar seu filho, Takeshi, a melhorar as notas em matemática. As atividades foram organizadas para que o menino conseguisse avançar por conta própria, resolvendo as questões sem ajuda. Com o tempo, ele não só alcançou o nível de seu ano escolar como passou a dominar assuntos que iam além de sua série.

O diferencial da metodologia está em seu material didático, concebido para estimular o gosto pelos estudos, a autoconfiança e o autodidatismo, habilidades que auxiliam no desenvolvimento escolar e pessoal da criança. Todos os detalhes foram pensados com esse objetivo.

Como afirma Bruna Vitorino, coordenadora pedagógica que trabalha no Setor de Qualidade do Kumon, “o material didático conta com textos explicativos e exemplos, para que o aluno possa progredir praticamente sozinho. Além disso, as folhas possuem o tamanho de um livro comum (A5), recebem um leve e estimulante tratamento visual, com a intenção de deixar a aprendizagem mais atraente”.

As páginas podem ser destacadas e os estudantes têm a chance de resolver as atividades quantas vezes desejarem, basta selecionar um novo bloco de exercícios.A revisão é parte natural do aprendizado. O orientador observa a capacidade, as condições de cada criança e avalia se ela está preparada para conhecer temas mais difíceis sem se sentir desmotivada”, explica Bruna.

O Kumon trabalha com um plano de estudo individualizado e o nível de dificuldade das tarefas aumenta leve e gradualmente. Assim, todos, independentemente da idade ou capacidade cognitiva inicial, têm espaço para evoluir de modo tranquilo, sem pressões nem sobrecargas.

Os alunos frequentam a unidade duas vezes por semana e recebem lições para serem feitas em casa. Essas são cuidadosamente planejadas e não exigem mais do que 30 minutos diários. Assim, as crianças adquirem o gosto pelo aprendizado sem cobranças excessivas. “Dessa forma, elas consolidam seu conhecimento e evitam ter que estudar por longos períodos na semana antes das provas, uma prática que compromete a verdadeira assimilação do conteúdo e gera desgaste emocional”, conta Bruna.

Em alguns casos, o estudante é estimulado a resolver exercícios desafiadores, sempre com o acompanhamento dos orientadores. Isso lhe ajuda a desenvolver habilidades como organização, responsabilidade, determinação e persistência. Há quem use o tempo destinado às lições de casa do Kumon para rever temas aprendidos na escola, que passam a ser compreendidos com facilidade e agilidade.

Como sintetiza Bruna Vitorino: “À medida que o aluno evolui no material e conquista seus objetivos, ele trabalha competências indispensáveis para aprender qualquer conteúdo e se tornar um profissional bem-sucedido. Nosso método incentiva a autonomia e fortalece o potencial máximo de cada estudante, para que ele se torne capaz de realizar seus sonhos”.

Você gostaria de conhecer o Kumon? Clique aqui e encontre a unidade mais próxima!



Tags: kumon, método, aprendizado

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade