Início das atividades na Universidade de Harvard

27/02/2019
Johnatan Padovez Kumon
Compartilhe:

Meu maior sonho, estudar na Universidade número 1 do mundo, se concretizou no dia 28 de janeiro de 2019. Chegar aqui, na Harvard T. H. Chan| School of Public Health, é uma conquista que envolveu diversos agentes: orientadores, professores, família e amigos. É, também, uma vitória que exigiu de mim, sobretudo, a capacidade de encarar novos desafios, me superar todos os dias e acreditar em meu potencial.


Para mim, assim como para muitos, estudar em Harvard parecia um sonho impossível. Eu não me sentia inteligente o suficiente, especial o suficiente ou merecedor dessa experiência. Contudo, coloquei estudar aqui como objetivo e fui, pouco a pouco, trabalhando para alcançá-lo. Com uma organização de estudo diário, para dar conta do conteúdo da faculdade, de minhas atividades extracurriculares e do meu sonho de vir para Harvard, criei uma rotina que permitia que eu absorvesse o conteúdo no meu ritmo e pudesse treinar para esse processo seletivo.


Sigo esse modelo de estudo diário desde a adolescência. Foi nesse formato que fiz o Kumon, o colégio, que me preparei para os vestibulares e que estudava na faculdade. É  esse modelo que, agora, aplico no intercâmbio como estudante e pesquisador no Departamento de Saúde Ambiental de Harvard. 

 

Minha recepção foi muito animada e inspiradora. Os professores me levaram para uma tour pelo campus da Saúde de Harvard (Longwood), onde conheci pessoas dos mais diversos países. Felizmente, a Universidade de Harvard é um espaço aberto à diversidade e às pessoas. Eles fizeram uma festa de inverno para comemorar a estação e para que todos se conhecessem.


Após esse momento de reconhecimento inicial, fizemos uma reunião e discutimos os projetos futuros. Disseram-me que eu teria minha própria mesa, computador e autonomia para criar minha rotina. Tamanha autonomia poderia ser mal utilizada se não houvesse, por minha parte, uma prévia preparação de como utilizar meu tempo para cumprir as tarefas propostas.


Nos próximos dias começarei a desenvolver com mais protagonismo um dos projetos do departamento, e, se tudo correr bem, também conhecerei melhor Boston e seus pontos turísticos. 


Tags: kumon, inglês

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade