É possível estudar japonês sem nunca ter tido contato com o idioma?

24/06/2020
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Aprender uma nova língua é abrir as portas para um mundo de conhecimento. E quando este idioma é o Japonês, isso significa também imergir em uma cultura milenar, ampliar as oportunidades de emprego ou bolsas de estudo e poder curtir animes, mangás e músicas japonesas em suas versões originais.

O Kumon, como um método originário do Japão, naturalmente se destaca no ensino do Japonês, proporcionando um estudo individualizado e adequado para cada aluno. Entretanto, por se tratar de uma língua tão diferente, com três tipos de escrita, uma dúvida costuma aparecer com frequência: é possível fazer o Kumon de Japonês sem nunca ter tido contato com o idioma? 


MATRÍCULAS ABERTAS 


Quem responde é Yumi Kajihara, gerente da Filial Japonês e responsável por 105 franqueados da disciplina distribuídas por todo o Brasil. Yumi trabalha com a orientação dos materiais didáticos de língua japonesa e participou da sua reformulação diretamente com a equipe do Japão. Ela diz que o material do Kumon de Japonês é desenvolvido especialmente para pessoas que nunca tiveram contato com o idioma. O objetivo do Kumon de Japonês é proporcionar uma alta capacidade de leitura e interpretação de textos, como artigos de jornal, revistas, textos científicos, literários, entre outros. Além disso, o aluno aprende a compreender por meio da audição e escrever utilizando um vasto vocabulário. Segundo Yumi, vale lembrar que, para aprender o Japonês no Kumon, a metodologia é a mesma de todas as disciplinas: seguir uma rotina de estudos, estudar com a postura correta e fazer um pouco todos os dias.

O aluno começa com a alfabetização no idioma e gradativamente eleva o nível até a leitura de textos literários, avançando de acordo com sua capacidade e dedicação. No início, ele entra em contato com letras, palavras e frases simples que descrevem situações do cotidiano, hábitos e festividades japonesas. Assim, ao mesmo tempo em que se aprimora no idioma, é inserido no universo cultural do país.

“A proposta do Kumon é fazer o aluno aprender o novo idioma assim como aprendemos a nossa língua materna. De tanto ouvir a mesma palavra, a criança passa a falar, e ao ouvir os pais conversarem, passa a construir frases corretamente, mesmo que não tenha tido nenhum contato com o estudo da gramática.” Yumi

Com o aplicativo Kumon Audiobook, os alunos realizam a prática auditiva e oral da pronúncia correta do idioma. No ato da matrícula, todos os alunos recebem acesso ao aplicativo, que pode ser baixado no celular, tablet ou computador. Yumi destaca que o Kumon Audiobook possui um papel fundamental para o contato com a pronúncia e entonação de um falante nativo. Assim, unindo um método que respeita o ritmo de cada aluno a um material didático preparado especialmente para quem nunca teve contato com o japonês, é possível aprender o idioma e desfrutar de todas as vantagens que este novo conhecimento oferece.

Quer saber mais sobre o método Kumon de Japonês? Clique aqui e confira 5 motivos para aprender a língua




Tags: japonês

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade