Confira 6 dicas para acelerar o aprendizado de Japonês em casa

22/05/2020
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Nós sabemos que não tem sido nada fácil conciliar a rotina de estudos, o trabalho em home office e outras obrigações da família quando todos estão no mesmo ambiente por tanto tempo. Por isso, separamos 6 dicas para que você consiga aproveitar ao máximo os estudos e ainda acelerar o seu aprendizado em Japonês com o método Kumon.

No conforto das suas casas, nossos estudantes continuam se desenvolvendo porque o material didático de Japonês possibilita o estudo autoinstrutivo e desde o primeiro estágio contempla conteúdo cultural.


Clique aqui e encontre a unidade mais próxima de você


Desenvolvido especialmente para brasileiros, o material didático permite que mesmo quem nunca teve contato com o idioma estude e se aprimore sem dificuldade. Como o estudo é individualizado e gradual, as lições são iniciadas por um nível básico e cada aluno evolui conforme seu próprio ritmo. Quem já tem contato com a língua japonesa pode fazer um teste diagnóstico, de maneira remota, e iniciar de um ponto mais avançado.


Aluna resolvendo a lição de Japonês

Durante o distanciamento social, os orientadores do Kumon estão acompanhando e prestando todo o suporte remoto para que os alunos continuem se desenvolvendo em casa. O Estudo no Lar é um dos pilares do método e desde a sua criação, em 1954, é utilizado como ferramenta no processo de aprendizagem. Mais do que complementar o estudo na escola, ele possibilita que o aluno pratique a leitura, desenvolva o raciocínio lógico, o prazer em aprender e construa o hábito de estudo.

Uma das etapas fundamentais para o estudo do Kumon de Japonês é ouvir o idioma, ampliando o vocabulário e treinando a pronúncia. Para facilitar o estudo diário, há alguns anos o Kumon desenvolveu o aplicativo Audiobook. Combinar tecnologia e estudo é uma ótima opção para quem quer acelerar o processo de aprendizagem. 

Além dos áudios serem gravados por nativos, o aluno ainda terá contato com o idioma na hora e no local que quiser. Esse diferencial ajuda o estudante a aperfeiçoar a pronúncia e aprender com mais facilidade. 

Após fazer o cadastro em sua unidade, o aluno pode baixar o aplicativo com os áudios do material didático conforme vai avançando nos estágios da disciplina. Para isso, basta um smartphone, tablet ou computador.

Yumi Kajihara, gerente do setor de Japonês do Kumon, vai além. Segundo ela, o hábito de estudar em casa é um benefício para toda a vida. Afinal, mesmo depois de adulto, é importante continuar buscando ampliar horizontes e adquirir novos conhecimentos.

“Na atualidade, em que o tempo é escasso, incorporar o hábito de estudos à rotina da casa é favorável para mantermos o nosso desenvolvimento. Neste sentido, o fato do Kumon trabalhar com o Estudo no Lar fortalece o hábito do estudo diário junto com a organização e a responsabilidade.” Yumi Kajihara.

No contexto atual, em que o Kumon está alinhado a todas as determinações para conter o avanço do coronavírus, é ainda mais importante que o aluno mantenha uma rotina de estudos em casa para poder continuar se desenvolvendo.

 

Confira 6 dicas para obter o máximo de seus estudos

 

Para estudar Japonês, em casa, basta seguir a forma correta de estudos do material didático. Segundo Yumi, este tipo de organização ajuda a adquirir o hábito de estudar e acelera o processo de aprendizagem de um novo idioma. A rotina de estudos é a mesma realizada na unidade, respeitando a sequência:

 

  1. Defina um horário do dia para estudar, e se possível mantenha este horário todos os dias. Isto ajuda a tornar o estudo um hábito.
  2. Escolha um local tranquilo, em que possa se concentrar nos estudos.
  3. Inicie ouvindo o áudio do aplicativo Audiobook de Japonês na faixa de estudo do dia, sempre acompanhando o material didático. Ouça quantas vezes for necessário. E lembre-se que não deve pular esta etapa, nem mesmo na revisão.
  4. Marque o tempo inicial e resolva o material impresso sempre lendo em voz alta. Mesmo que tenho lido junto com o áudio, é preciso realizar a leitura também na resolução.
  5. Crie o hábito de reler a própria resposta.
  6. Ao finalizar a resolução, marque o tempo final e treine a leitura em voz alta. Neste período de distanciamento, você pode gravá-la em áudio e enviá-la para sua orientadora, de forma que ela possa avaliar o seu avanço.


MATRÍCULAS ABERTAS 




Tags: japonês

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade